sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Cheia de dúvidas

Se a cada nova sensação e fase da gravidez eu tivesse que vir comentar com vocês, podem crer que todos os dias estaria aqui. Infelizmente o tempo corrido não tem me permitido fazer um novo post a cada dia, então tenho que ir lembrando tudo que foi acontecendo pra compartilhar com vocês.
Essa semana fui à segunda médica indicada. Sinceramente: ODIEI! A mulher só olhou pra mim, tirou a pressão, me pesou e passou uma bateria de exames. Detalhe: a balança dela estava com 2 kg a menos e ela não me deu nenhuma recomendação. Não me disse o que evitar, o que fazer, o que comer, etc. Isso DR Claudia deu um show. Me deu basicamente uma aula para mamães de primeira viagem. O problema só é que realmente ela é muito cheia e além do mais comentam que ela só gosta de parto cesárea...
Falando em parto, acho que realmente eu iria preferir o Normal. O próprio nome já diz: normal! Mas hoje em dia é difícil encontrar um bom médico que ofereça esse tipo de parto pras suas pacientes. A maioria deles querem tudo agendado, não quer ter trabalho no meio da noite com uma paciente que está afim de dar a luz. Já procurei bastante por aqui e maioria dos médicos recomendados que fazem partos normais só atendem particular. Aí sai muito caro. Tenho plano de saúde e quero usá-lo. Próximo mês irei a terceira médica indicada. Essa, dizem, que ama partos normais. Caso eu não me identifique com ela, fico com DR Claudia mesmo e tento convencê-la a fazer meu parto de maneira humanizada. Mas que negocinho chato esse de andar de médico em médico viu? afffff
Os enjoos continuam. Não é durante todo o dia, e graças a Deus não é tão forte, mas de qualquer modo me incomoda. Fico sem a mínima vontade de comer. Em compensação, nunca dormi tanto em minha vida. Acho que dormiria o dia inteiro se estivesse em casa. É um sono sem fim. Estou sempre buscando me movimentar, para que meu bebê não nasça preguiçoso, mas está difícil fazer a caminhada que planejo pela manhã!
Essa semana também tirei pra dar uma olhada no enxoval. Fui olhar especialmente os móveis do quartinho. Quero tudo simples mas lindo. E o primeiro que bati os olhos foi um berço lindo com cômoda e cama auxiliar acoplados. Gente ameiiiii esse berço, mas pra meu desespero ele custava apenas R$1700,00. Sem chance! Com esse valor pretendo comprar o roupeiro, o berço e a banheira. Fiquei imaginando aqueles quartos dos bebês dos famosos. Gente eles devem gastar uma fortuna no quarto. Se o berço que gostei custa esse valor, imagine o dos famosos. Nossa é muiito dinheiro! Mas como sou pechincheira e gosto de comprar tudo a vista, vou andar muito para montar o quartinho dele da maneira que sonho. Vai ficar tudo lindo vocês vão ver. Se for menino quero a cor azul e se for menina quero rosa. Ai ai... Dia 03/03 irei fazer a ultra. Ouvir o coraçãozinho do bebê e enfim ver quantos tem aqui dentro. rs

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Cheia de trabalho

Oi gente. Saudade de vocês!  Sumi, mas não foi sem motivo. Recebi uma missão no trabalho e essa semana eu não parei. Não parei li-te-ral-men-te. A buxudinha aqui – que ainda não tem barriga nenhuma – não tem moleza! Em compensação em casa mais dengo e mimo é impossível. Maridão faz café da manhã, coloca em meu prato e me obriga a comer. A parte ruim do negócio é essa última. Os enjôos começaram e sinceramente não sinto vontade nenhuma de comer. Chega o fim do tarde já começo: tonturas, enjôos, cansaço. Aff Que negocinho chato.
Ontem foi minha primeira consulta com a obstetra. Fiquei boba! São tantas recomendações, tantos exames, tantas mudanças! Noouuussaaa! Marquei consulta com mais duas médicas para enfim eu escolher com qual vou ficar em definitivo. Há alguns meses sou acompanhada por essa médica. Super famosa aqui em Maceió, recebi ótimas recomendações, mas ocorreu um caso com a esposa de um colega de trabalho esse mês que me deixou intrigada. Segundo ele, sua esposa ligou no domingo pra ela dizendo que estava perdendo líquido e ela disse que era besteira. Na segunda ligaram de novo dizendo a mesma coisa e ela disse que estava na hora do bebê nascer. Resultado: o menino nasceu roxinho, com risco de morte e está até hoje na UTI. Graças a Deus já começou a reagir. Suspeitam que ela não quis fazer o parto no domingo, já que era o dia de descanso dela, e por conta disso o menino nasceu com esse problema. Achei isso um absurdo, mas lá no consultório conversando com dezenas de pacientes dela, todas eram só elogios. Eu também gosto tanto dela, ela me deixa a vontade, é brincalhona e tal, mas por via das dúvidas marquei com outras duas pra tirar a conclusão.
Bem, semana que vem começo os exames. Estou com exatas 6 semanas. Dia 03 de março marquei a ultra pra ouvir o coraçãozinho do meu príncipe ou princesa. Esse negócio de sexo estava mexendo comigo. Queria logo saber o que era, já que vou viajar dia 12 de março pra Foz e queria comprar muitas coisas por lá. Mas relaxei. Vou esperar o tempo certo mesmo. A barriga ainda nem deu sinal de vida. No tempo certo compro tudo, por enquanto vou só planejando!
Amanhã tem um festão de casamento pra ir. No domingo posto as fotos. Beijo e ótimo fim de semana pra vocês!

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Sonhos e mais sonhos...


Imaginem uma pessoa feliz, extremamente feliz, que sorrir à toa e irradia alegria... Agora imaginem uma pessoa com medo. Medo de tudo. De brecar o carro, de atravessar a rua, de cair... Imaginaram? Pois agora multiplique tudo por no mínimo 5 x e essa pessoa sou eu.
Com a notícia da gravidez fiquei boba. Não só eu, como também meu marido. Olhamos um pro outro e já começamos a sorrir, nos abraçar, nos beijar... ops! Melhor parar por aqui. Fico imaginando como é que a gente consegue sentir o maior amor do mundo por um ser que é do tamanho de um grão de feijão? Que não sabemos ainda se é um, dois, três... Espero que seja apenas um. Que não sabemos sexo, fisionomia, nada! Só sabemos que foi gerado da gente, do nosso amor. E aí amamos, amamos mais que tudo na vida.
Ao mesmo tempo em que esse amor e alegria são tão grandes, me vem o medo. Medo de que me aconteça algo de ruim. Que a inveja das pessoas nos faça algum mal. Medo de que um carro bata no meu de novo. Medo de perder a coisa que já é a mais preciosa da minha vida. Medo de não saber criar e educar esse novo ser da maneira correta. Será que com todo mundo é assim?
Tenho andado assim ultimamente. Estava lendo uma entrevista com o Padre Marcelo Rossi e fiquei impressionada com o que ele disse sobre as grávidas. Segundo ele, se toda grávida bem soubesse, só anunciaria sua gestação após o terceiro mês, quando já tem passado o grande risco de aborto. Ele disse que a inveja das outras pessoas consegue fazer muito mal pro bebê e por isso a mulher tem que se guardar até completar o terceiro mês. Na hora pensei: poxa eu só estou com quatro semanas e anunciei a notícia pros quatro cantos do mundo!!! Imaginem minha preocupação por conta disso. Depois, orando e falando muito com o Senhor consegui relaxar. Nós gestantes somos protegidas duplamente. Claro que existe a inveja sim, mas não é só até o terceiro mês. Quem tem inveja tem inveja sempre. Existem outros sentimentos ruins também e se Deus demorou um ano para me mandar um filho, não vai ser porque eu quis dividir a minha alegria com todo mundo que ele vai me tirar isso. Acredito ser protegida contra todo mal, todo pensamento ruim, pois só faço o bem, só desejo o bem e o melhor: confio inteiramente no Senhor! Descanso nele. Ufa!
Ultimamente tenho sonhado muito. Eu que sempre desejei ter primeiro uma MENINA, assim que descobri que estava grávida pensei: é um MENINO! Não sei porque sinto isso.
Talvez seja Deus me preparando porque caso seja um menino eu fico tão feliz quanto. Meu marido insiste: “é uma menina, você já tem tanta coisa de menina”. Realmente, se for menina, sairemos no lucro, já tenho quase que enxoval todo. Pelo menos de roupa e sapatos estaria completa. Tudo culpa desses bazares do orkut, que me deixam louca e incompulsiva. Mas se for menino, não tem problema será amado, fashion e bem arrumado do mesmo jeito. Só preciso add em meu orkut perfis de bazares de menino. Pior do que isso: meu marido ontem chegou pra mim e disse: sério, estou sentindo que não é só um. Imagino que ele ficou impressionado quando o médico falou que não dava pra ver quantos eram. Mas ele insiste que não. Que não sabe explicar, mas acha que são gêmeos. Sustos a parte, será amado em dobro. E que venha um casalzinho. kkkkkk

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Primeira ultrasom

Gente, estou emocionada com o carinho de todos vocês. Obrigada pelas mensagens lindas.
Hoje fui fazer minha primeira ultrasom. Sério ainda não tinha acreditado que estava grávida mesmo. De repente o exame podia ter dado errado. Também tinha receio de eu estar mesmo grávida e o acidente de semana passada ter afetado o bebê. Então precisa me tranquilizar... Todo mundo apostava que eu estava chegando no segundo mês. Disseram que eu ia ouvir o coração do bebê, que ia ser muita emoção. De tanto pensar em tudo que ouvi nem consegui dormir. Foi a noite inteira pensando como iria ser. Robinho também demorou a dormir. A notícia dessa gravidez tão desejada nos deixou bobos. Era a noite inteira alisando minha barriga e pensando no dia seguinte.
Fomos juntos, ansiosos! E ao fazer o exame descobrimos que devo estar, no máximo, com 4 semanas - segundo médico. Ele disse que daqui a 15 dias já dá pra saber quantos são... Tomei até um susto quando ele disse isso. rs
O saco gestacional estava lá, no lugarzinho certo, todo formado e lindo, mas não deu pra ouvir o coraçãozinho do bebê.
Mesmo assim Robinho e eu choramos.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Bebê a Bordo! iupii

Há quase 12 meses, faria dia 12/02, meu marido e eu resolvemos em meio a tanta coisa que nos acontecia parar de evitar filhos. Ter um filho! Eu havia passado em três concursos naquela época, mas dois haviam sido suspensos e um não dava esperança alguma de convocação, mesmo eu tendo sido a primeira colocada.
A ansiedade começou a fazer parte de nossas vidas. Todos os meses era uma preocupação para saber se estávamos ou não grávidos. Não podíamos ver um bebê que imaginávamos o nosso. E foi mais ou menos assim durante bons meses. Até que consideramos que o desejado filho estava demorando demais para aparecer e decidimos procurar os médicos.
Comigo tudo bem, no entanto o espermograma dele deu alterado. Um médico inclusive disse que era caso de cirurgia. Quando consultamos opinião de outro, este disse que era só esperar a hora de Deus. Decidimos então descansar no Senhor!
Fui chamada naquele concurso que não dava esperança alguma de convocação, até agora só chamaram eu, comecei a focar outras coisas, viagens, dieta coletiva... Mês passado, no meu trabalho fiquei fazendo serviço de três pessoas. Duas pessoas do meu setor tiraram férias. Em meio a correria e cansaço vez ou outra eu me sentia fraca, tonta e cansada. Tudo culpa do trabalho triplicado e da dieta – imaginava eu. Até que de repente comecei a sentir febre, dores no corpo. Suspeitamos de dengue, mas descartamos a suspeita no dia seguinte, aos sintomas sumirem. Coração direto acelerado, respiração cansada. Estranho né? Realmente minha saúde não está normal! E semana passada: sonhos constantes com um bebê lindo (menino) e bem cabeludo. Sonhava a noite inteira com isso. Até que no dia da “danada” vir, não veio. E ela nunca falha! Meu marido no dia certinho pergunta: “ela veio”? E eu, meio sem acreditar: “não”! Eu sentia algo diferente em meu corpo e dentro de mim a certeza era cada dia maior. Até que hoje meu marido me levou, quase que a forças, pra confirmar nossa suspeita. Fiz o Beta HCG. Quando olho o resultado pela internet, fico sem entender. Olho pro lado e pergunto à amiga que ansiava pelo resultado: reagente é ou não é? E ela gritando, me parabeniza e me abraça: é! Caio em prantos. Ligo pro meu marido e dou a notícia por telefone mesmo. Não agüentaria esperar até as 17horas. Ele sem acreditar também começa a chorar. Enfim, nosso sonho já vive dentro de mim. Estamos grávidos!

Correria, correria...

Gente... saudade de vocês! Tenho visitado os blogs das mamães e também das participantes da dieta coletiva, mas confesso que nem tempo pra comentar tenho tido.
Aconteceram um turbilhão de coisas em minha vida na última semana. Pra resumir: problemas familiar, atividades dobradas no trabalho, bateram em meu carro e ficarei sem ele por no mínimo 30 dias e uma outra coisita que por enquanto é segredo, mas que está me deixando de orelha em pé! Ufa! Cansei só de falar.
Mas ando seguindo. Na dieta não continuo tão forte como antes. Durante a semana tenho resistido bravamente, no entanto não tenho conseguido introduzir exercício físico em meu dia a dia. Ando cansada, sempre com sono, mole mole... Não sei o que é isso!
Nos fins de semana confesso, tenho me dado ao luxo de comer pizza e camarão. E aí já viu né?
Resultado: não perdi mais nenhum grama. Mas também não ganhei! Permaneço nos 67,7kg. Ai meu DEusssssss!
Amanhã tenho novidades pra vocês. Pelo menos, eu acho!

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Primeiro selinho a gente nunca esquece!



Oba! Ganhei meu primeiro selinho... Foi da fofa da Amanda. Obrigada amiga!
Preciso então responder a umas perguntinhas, então lá vai!


1. Nome: Cintia
2. Onde nasceu: Maceió - AL
3. Uma música: música??? Me veio a mente vários cantores - Ana Carolina, Lulu Santos, Ivete Sangalo, Aviões do Forró... mas música nenhuma. Gosto de tudooo!
4. Humor: Devemos sempre ter. Vida sem graça, não tem graça!
5. Uma cor: Rosa
6.Uma estação: Verão - amooo o sol e o inverno me engorda. afff
7. Como prefere viajar: De carro, parando em cada esquina, experimentando todas as culturas
8. Um seriado: Todo mundo odeia o Cris. - "Mas eu não"!kkkk
9. Frase: Aqueles que esperam no Senhor, renovam as suas forças. Voam alto como águias, correm e nçao ficam exaustos, andam e não se cansam.
10. Palavra/frase mais dita por vc: Obrigada!