segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Em busca de uma babá quase perfeita!


Aproveitei essa semana em casa para começar a selecionar pessoas que supostamente serão as futuras babás da Clarissa. Meu real interesse é por uma pessoa com certa experiência, que seja do interior, para dormir em minha casa, mas como não consegui de primeira uma do interior, comecei o “teste” por uma daqui de Maceió mesmo.
Combinei de ela chegar a minha casa às 8h do sábado para iniciar o serviço. Deu 8h30min, 9h e nada! Já tinha desistido dessa, comecei a fazer o almoço, quando a campainha toca às 9h15min. Era ela! Com a cara mais lavada, rindo, deu bom dia. Antes mesmo de ela entrar perguntei se ela realmente queria trabalhar? Ela disse que tinha se atrasado mas prometeu não ocorrer mais. Tudo bem, entre!
A mulher passou a manhã inteira pra lavar o banheiro de meu quarto. Eu já estava a ponto de ter um treco. Pensei: se pelo menos lavar direito, ta bom! E saiu tudo direitinho... No segundo dia a mulher começou a chamar palavrões. Era peste pra cá, porra pra lá. Já comecei a não gostar. Fui ao médico e deixei-a em casa. Quando voltei ela veio me dizer que achou lindas as roupinhas da Clarissa e ainda acrescentou que ela tinha sapatinhos demais. Como assim? Eu não tinha falado que não era pra abrir armários?
No terceiro dia o fim da picada: a mulher entupiu a pia e surtou. #@%$&**¨%#$@!@$¨&Y%¨***
Além de quase quebrar todos os meus pratos e falar milhares de palavrões, quando fui perguntar o que havia acontecido ela disse: eu só queria saber quem $%#%$%# entupiu essa pia. Eu dava tanto tapa na cara dessa fia da %$##¨. Fingi de desentendida e falei: é o que! Ela repetiu o que havia dito. Na mesma hora mandei-a se arrumar e ir embora, pois ela não servia pra cuidar de minha filha. Imaginem: uma mulher que se descontrola com uma pia entupida imagine com o choro de um bebê?
Detalhe importantíssimo: ela mesma havia entupido a pia!
Na quinta a segunda doméstica veio à minha casa. Essa era do interior, então iria morar conosco. A mulher era tranqüila, rápida, limpa, parecia gostar de criança. Ai meu Deus! Parece que vai dar certo. Mas falava pelos cotovelos e segundo ela não perdia nenhuma de suas novelas. Se fosse as da noite apenas, tudo bem. Mas ela também não perdia O Clone! RS Tá, isso é besteira, fazendo tudo certinho!
No primeiro dia ela já foi me dizendo suas preferências por comidas. Dona Cintia quando for fazer feira compre café Santa Clara, porque nescafé não presta. Compre leite Itambém porque leite ninho não presta. Compre uma pá com cabo maior e que já guarde o lixo dentro dela. Compre também uns shorts pra eu poder fazer a faxina. Não trouxe toalha de banho, nem pente, nem sabonete, nem nada. Quando dei todas essas coisas a ela, acrescentou: depois a senhora compre outra toalha pra mim, porque uma só não dá! E assim ela me deu uma lista enorme do que eu deveria comprar. Na hora da novela ela me perguntou se tinha milho de pipoca. Mandei ver na despensa. Ela disse que sim, e perguntou se eu queria pipoca. Respondi que não. Fui pro meu quarto. Quando voltei, ela estava na sala, assistindo TV com pipoca e refrigerante no colo. Minha sala virou um verdadeiro cinema. Ri comigo mesma! Parecia não acreditar no que estava vendo. Mas me calei!
No segundo dia ela passou dos limites. Começou a falar dos direitos das domésticas. Segundo ela, a lei - que ainda está pra ser aprovada – mudou. E assim ela foi falando tudo... Foi me dando sua carteira de trabalho e pedindo pra eu “fichá-la”. Falei que só iria assinar sua carteira após o período de 90 dias de experiência e que esses 90 dias faríamos um acordo temporário. Ela continuou, disse que a lei mudou, que agora o período de experiência era só de 15 dias e eu teria que fichá-la logo. Mostrei pra ela que também entendia da lei e que não a ficharia antes de 90 dias. Ela se calou.
A noite, fiz cuscuz pro café e ela não gostou do menu. Pediu-me dinheiro para ir comprar lanche na padaria. É demais! Respondi diretamente: se quiser comer é o que tem! Ela comeu pão puro. No outro dia cedinho tratei de deixá-la no ponto para ela voltar pro seu castelo.

Gente do céu!!! Como está difícil arrumar quem queira trabalhar. E já me vejo atormentada com isso. Como farei pra voltar a trabalhar???
Com 33 semanas de gestação muita coisa mudou:
• As dores agora no pé da barriga são constantes
• Sinto-me pesada. Não sinto vontade de sair de casa pra nada. Na verdade não sinto vontade de me arrumar.
• Sinto-me super disposta a fazer serviços de casa, almoço, etc
• Tenho tido pesadelos constantes com acidentes. Queria tanto sonhar com minha Pequena
• Quase caí da balança quando me pesei e percebi que engordei 19kg em toda gestação. Como assim??? Acredito que a retenção de líquidos que seja a culpada de tudo isso. Estou inchada demais e não estou comendo tanto assim!
• Não sinto dores nas costas nem dificuldade pra dormir – ufa!
• Sem estrias, até o momento
• Rosto sem pele manchada e sem nariz de batata. Alguma vantagem tinha que ter né?


Olha como ela tá linda!!!

23 comentários:

  1. engraçado???? rs eu tenho vontade de chorar só de lembrar! rs

    ResponderExcluir
  2. Graças a Deus eu não vou precisar passar por esse problema, pois realmente está mt dificil de arrumar alguem para trabalhar!! Amiga coloca camera tá!! pq essa gente é tudo doida!!
    Vi a foto da ultra da Clarissa e me deu uma saudade de qnd eu via o Rafinha por ai!! O bom é que agora eu posso ver seu sorrisinho banguela!! *.*
    bjinhus.s..

    ResponderExcluir
  3. Fato é que as "ajudantes" de hoje não são como as de antigamente!! Super folgadas, respondonas, se sentem donas da casa e se a gente vai reclamar de algo elas fecham a cara como se fossem elas as patroas!! Aff... eu não aguento isso!!

    Imagina se fossemos nós pedindo milho de pipoca para comer assistindo novela no meio do espediente, ou então fechando a cara pro patrão com alguma crítica? Com certeza já estaríamos na RUA!! Ah, fala sério! Tenho paciência tb não!!

    Eu não tenho empregadas, nem quero babá! Atualmente não trabalho e eu quem cuidarei do meu bebê maaaaaas procuro uma diarista pra ir 1 vez na semana....que dificuldade, viu? Teve uma que pediu "pãozinho" de manhã, sempre que ela fosse fazer faxina, pois ela precisa comer pão de manhã! Ai ai... teve uma que abriu tudo o que tinha na geladeira e armário... abriu pacote de salsicha pra pegar 1 única, eu sem saber, o dia que fui usar o pacote que eu achava que estava FECHADO, vi aberto e as salsichas todas ressecadas!! Uma caixa de nuggets aberta, biscoito recheado aberto, suco...e por aí vai... ou seja, ela "experimentou" de tudo o que tinha em casa...1 ou 2 de cada!! Nada contra ela comer...mas pô... não é FESTA!!!!!!!!!!!

    Paciência dobraaaaaada!! Fala sério!!

    ResponderExcluir
  4. Ci, desculpa mas tb ri muito com seu post... e estou numa situacao parecidissima.. quer dizer, meu caso é menos pior pq nao quero ninguem dormindo comigo.

    Alias, sera que isso é mesmo preciso amiga?! Vc ou o seu marido trabalham a noite?! Pitacos a parte, se é que me permite, eu acho que tira demais a nossa liberdade... aí a dita cuja acaba achando que a casa é dela.. e a gente se sente a intrusa...

    Eu estou pensando 10x em contratar alguem mensalista.. to aqui batendo o pé que eu dou conta e que 2x por semana por enquanto, seria suficiente.. ai eu decidir se volto ou nao a trabalhar..

    mas olha.. nao é nada facil... Pq vc nao vai em alguma igreja ai perto da sua casa.. geralmente na secretaria, eles fazem cadastro de pessoas "de bem" q precisam trabalhar e que frequentam a mesma comunidade que vc.. assim pelo menos, uma referencia vc ja tem...

    ResponderExcluir
  5. Olha, vou te falar uma coisa Cintia; acho que vc vai ter que procurar muito para encontrar uma pessoa com bom senso, que trabalhe razoavelmente bem e, acima de tudo, que saiba lidar com a filhota!! Infelizmente, hoje em dia tá muito complicado encontrar alguém... boa sorte!!

    Bjs

    Sil

    ResponderExcluir
  6. Amiga que dificuldade né...Eu daqui 1 mes começo procurar uma diarista pra minha casa,pq trabalhar fora ser mae esposa num aguento ser dona de casa rs...As pessoas parecem naum querer trabalhar incrivel né...
    Clarissa ta linda,ai babei no narizinho redondinho dela!

    ResponderExcluir
  7. Oi Cintia! Nossa, como é difícil encontrar alguem que trabalhe bem! Mas rendeu boas histórias engraçadas! Um beijao

    ResponderExcluir
  8. kkkkkkkk cintia, eu ri porq vc escreveu muito engraçado.
    eu mesma sou casada ha 13 anos, e só esse ano aceitei alguém aqui em casa.
    e a prioridade era que se desse bem com a minha filha que já tem 9 anos.
    alguns podem dizer... 9, já é uma mocinha...
    não, é criança!
    e se não se desse com ela, não tivesse cuidado... não servia,
    não posso me virar de costas e ter uma pessoa maltratando a minha filha nem no pensamento.
    graças a Deus está dando tuido certo.
    espero que vc consiga logo achar uma pessoa legal.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Desculpa Cintia mas morri de rir... Li para o meu marido e ele não acreditou e acrescentou tá díficil mesmo encontrar alguém que queira "realmente" trabalhar...
    Porque muitos reclamam do desemprego e tudo mais, mas não fazem por onde?!
    Há e quando a Clarissa nascer você perde os quilinhos que ganhou!!! Eu estou numa correria só que estou comendo até mais para repor as energias.... e isso que a Malu só tem 2 meses, imagina só quando estiver andando...
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    bjs, há e desculpe ter sumido é que estou numa correria só

    ResponderExcluir
  10. Oi amiga, bah q tristeza isso!
    Q pessoas folgadas, mal educadas e informais!
    Vc fez bem em deixar tudo clarinho logo de cara e responder a altura, senao vc da a mao e pegam seu braço, q horror, to horrorizada mesmo com isso tudo.
    Mas a primera aquela q xingava, nossa,imagina deixar uma bebe com ela?? imagino q ela bateria na criança!!! Jamais deixaria minha filha com uma pessoa assim nao...
    ore a Deus por essa causa.
    Deus se interessa tbm pelos pequenos detalhes amiga. Acredito q alguem legal, de confiança, possa aparecer.
    bjs pra vcs!!

    ResponderExcluir
  11. Essa procura por uma babá está é muito engraçada (pra quem está de fora né?) rsrs
    Como pode ter gente assim? Tão enxerida, tão chata, tão... xá pra lá! rsrs
    Tô torcendo pra vc encontrar uma boa profissional, que saiba se portar na casa dos outros e que cuide muito bem da sua princesa... alguém de confiança!

    Beijos mil... ótima semana pra vcs!

    ResponderExcluir
  12. menina estou casada há quase três anos e passaram muitas aqui e olha até hoje não gostei de nenhuma.. pensava que vc morasse no ES minha familia é dai de AL no coité.

    bjo0º

    ResponderExcluir
  13. Gente, que coisa surreal!!!! Cada uma mais sem noção do que a ouytra... Aonde vamos parar????
    Afeeeee.... Boa sorte amiga!!!!
    BJS, Re

    ResponderExcluir
  14. A nossa empregada trabalha em casa há 18 anos e é uma amor mas quando ela tira ferias vem umas substitutas que meu deus!

    Guria nem esquente com o peso, (eu engordei beeem mais 24 kilos) e grande parte desse peso é retenção de liquido mesmo, depois que a baby nascer problema resolvido!

    Beijão

    ResponderExcluir
  15. Ow, temia por essa parte pra você! Esse foi meu drama. Não é para assustar, o pior é qdo acontece isso tudo as vésperas de voltar a trabalhar. Hoje, com a experiência eu recorreria a uma creche, claro que uma boa ne? Tem a Aladin, mas vc morando agora no tabuleiro, não conheço nenhuma por ai.
    Recorreria a creche pq:
    1) Creche não atrasa
    2) Não falta
    3) Não quebra nossas coisas
    4) Não chereta qdo não estamos em casa
    5) Não faz cara feia pra o marido da gente

    Depois da experiência que passei, a ultima babá deixou o João Marcello na beira da escada no 1º andar e foi estender roupas lá em baixo. Só soube pq fui bater de porta em porta para saber dos vizinhos se ele tinha chorado. Pasme! O menino chorava o dia todo, cheguei do trabalho ele tava dormindo no bebê conforto soluçando e com o nariz escorrendo, e a mala dizendo que ele tava querendo gripar.
    A melhorzinha que tive faltava até umas horas, era um tal de médico pra lá e pra cá. E não pedia não viu? Dizia que tinha marcado e eu que me virasse. Aff. As vezes sofro por ter deixado de trabalhar, mas por outro lado tem suas recompensas. Claro que não é o seu caso, uma vez que vc é concursada ne? Bjos. Vou ver com um colega meu se a babá dele que é do interior indica alguém e te falo.

    ResponderExcluir
  16. Ah! Esqueci... esqueça a procura de até mesmo de UMA QUASE PERFEITA... Socôrroooooooooooooooooo não existe!!! Na verdade, dona Rosa me dizia: -Flávia, se elas cuidarem bem do seu filho já é tudo, não exija tanto as coisas de casa, faz vistas grossas pra algumas coisas... mas com minha falta de experiência terminei exiigindo demais e fiquei só.... aff.

    ResponderExcluir
  17. Meu Deus!!!! Tem cada pessoa nesse mundo né? E depois reclamam que não estão empregadas... emprego é o que não falta. O que falta é gente com vontade de trabalhar! Empregada que começa com abusos assim me dá arrepios. Prefiro ter que me virar sozinha.
    Mas existem pessoas decentes sim. É só ter um pouquinho de paciência que ela aparecerá.
    Bjos e boa sorte.

    ResponderExcluir
  18. vendo tv e comendo pipoca kkkk...calma! vai da tudo certo. vc vai encontrar alguem p/ cuidar da clarissa!!
    :*

    ResponderExcluir
  19. Nossa tem cada uma mesmo.Eu fico imaginando se fosse comigo eu ia ficar muito pé da vida.AFF!
    Boa sorte com a próxima flor.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Ok, não vou dizer, não vou dizer, não vou dizer "Eu diiiiiissssseee...." :-)
    Beijo, Bee

    ResponderExcluir
  21. Amigaaaaa..... sua bebê é linda, mesmo na ultra dar para ver isso kkkkkk, Também é impossível uma filha sua ser diferente. Boa Sorte com sua babá!

    ResponderExcluir
  22. Aii Cinthia voce é muito engraçada e uma coisa é certa, muito dificil achar alguém que realmente queira trabalhar!

    Boa sorte!

    beijinhos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita... Diz o que você achou sobre o post. Amamos saber sua opinião!