segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Dias difíceis



Temos tido dias difíceis... Tenho chorado e pensado muito sobre a maternidade e o dilema de amamentar.
Precisei respirar fundo e contar até 3 para não ser tão grossa como o anônimo que comentou em meu último post. Por isso sumi. Sem respondê-lo à altura. E agora, acho que está tudo se encaixando.
Pequei em meu último post ao falar que Clarissa estava com manha. Também não acredito que bebês nessa idade tenham isso. Mas é essa palavra que usamos para bebês que querem sempre colo né? E acabei errando também!
Acredito que Clarissa tem aprendido tudo que tenho ensinado. E aqui em casa não poupamos amor a ela. Realmente passamos o dia todo com ela nos braços, e isso não era problema. Nunca foi.
Clarissa foi a bebê mais desejada desse mundo. Seu pai e eu namoramos e esperamos um ano inteiro para enfim termos a confirmação de que ela estava em nosso ventre.
Fizemos um enxoval com direito a tudo, embora nossa renda não seja tão grande assim.
Passamos os 9 meses conversando e demonstrando amor ao nosso bebezinho que nem estava aqui fora, mas já era o mais amado do mundo. Eu passei todo o período lendo sobre amamentação e tudo que envolve a maternidade. Queria estar 100% pronta pra chegada dela.
Tive alguns problemas na gestação. Bateram em meu carro duas vezes nesse período, tive que mudar de casa meio que às pressas, passamos por alguns prejuízos financeiros e um problema familiar enorme que ainda não foi resolvido.
Ela nasceu. Tão serena, calma. Só dormia e mamava. Eu sentia que meu peito não era o suficiente e acrescentei o Nam à alimentação dela.
Na sua primeira consulta a médica disse que ela engordou bastante e sugeriu eu dar só o peito agora para ver se realmente eu não tinha leite o suficiente.
Falei pra ela que estava tentando de tudo para minha produção de leite aumentar. Cuscuz, munguzá, caldo de cana, tintura de algodoeiro, suco de uva, muittttooo líquido e todas essas besteiras que todo mundo falam e que só faz engordar. Ela disse que o principal era a Pequena sugar. Que eu a deixasse em meu peito o tempo que ela quisesse. E assim fiz! Por quê fiz isso?
Minha produção de fato aumentou. Não sei se ainda o suficiente para saciá-la, mas aumentou. Mas em compensação virei prisioneira de Clarissa. Exceto na hora do banho e do sono profundo - sim porque quando cochila ela quer estar com meu peito na boca - estou amamentando Clarissa. Melhor dizendo, Clarissa está fazendo meu peito de chupeta.

pausa - ela acordou chorando, vou dar de mamar
Despausa

Pois é. Eu adoraria poder ser prisioneira de Clarissa pra sempre. se todos os nossos problemas fossem amamentar 24h nossos bebês seria ótimo né? Mas infelizmente não poderei estar 24h com ela pra sempre. E ela tem que aprender isso. E também, alow eu existo. Existo também como mulher e não só como mãe. Começou a me incomodar a situação de meu marido sair e chegar em casa e eu estar com os peitos na boca de Clarissa. Todas as visitas presenciavam eu amamentando. Nem pra ir no banheiro eu tinha tempo. A garota me sugava de um jeito que eu parecia que ia desmaiar. Já não estava mais aguentando. Então resolvi tirar isso.
Que sofrimento!
Na sexta, dia 25, depois de amamentar por mais de 1 hora e perceber que Clarissa fazia meu peito de chupeta, resolvi tirar. Pra que? A garota se transformou... Chorava sem parar. Acho que os vizinhos pensavam que a mãe dela não estava em casa. E eu ninando, abraçando, mimando, balançando. Nada fazia ela parar de chorar. E não era chorinho não. Era choro mesmo, alto. Se os vizinhos viessem aqui eu já estava pronta para mentir dizendo que era cólica. Eu já não suportava mais amamentar Clarissa. É triste dizer isso mas é real.
Ela chorou por 1h10min. E eu chorei junto. Mas até que enfim, pegou no sono. Passei a noite me sentindo mal, a pior das mães. Mas eu me sentia sugada pela minha filha. E amamentar, que antes era o melhor momento de nós duas, passou a ser um momento de tortura pra mim.
No sábado dei de mamar, quando tirei ela voltou a chorar. Dessa vez o choro foi educado e rápido. Ela percebeu que eu não ia ceder e acho que teve pena de mim. Eu pedia tanto, chorando, pra ela se acalmar, pois eu queria o melhor pra ela...
No domingo ela tava querendo estar em meu seio 24h. Então resolvi tirar o leite do peito e dar na mamadeira. Que sofrimento pra mim. Amo tanto amamentar minha filha e estava tendo que fazer aquilo. Meu marido foi importantíssimo nesse fds pra nós duas. Eu, sinceramente, parecia que ia enlouquecer. Comecei a pensar na volta ao trabalho, nos compromissos que tenho, mas chorava feito bezerra desmamada, pois não queria deixar minha bebezinha com ninguém.

Como é diferente ela mamar na mamadeira. Fica com o olhão aberto, olhando pra mim. Como quem diz 'esse não é seu peito mamãe, mas o leitinho tá gostoso'. Quando ela mama em meu peito revira os olhinhos de prazer e depois dar risinhos de satisfação.

Hoje já noto diferença nela. Percebo que ela está aprendendo que o peito da mamãe tem horinha certa. Claro que sente falta. Mas não faz mais escândalo. E depois de quase um dia sem dar meu peito pra ela, resolvi testar agora na pausa que fiz. Deu certo. Ela mamou 40min, tirei o peito e ela não reclamou.
Ufa! Não quero perder esse momento só nosso. Agora ela tá aqui quietinha como sempre foi, no meu colinho, enquanto termino o post. Que assim permaneça!

21 comentários:

  1. rs boa sorte entao nessa etapa...Beijinho

    ResponderExcluir
  2. Amiga, difícil mesmo, bem diferente do que vemos na TV e revista não é?!
    O que importa é o que você acha e considera melhor para vocês duas, o que os outros pensam e acham deixe pra lá!
    Curta bastante a Clarissa, deixe pra pensar na volta ao trabalho na hora certa, não sofra antes do tempo, aproveite bem seu tempo com ela, essas criturinhas crescem muito rápido e o tempo passa mais rápido ainda...por isso viva o momento!
    Boa sorte aí...ela está fofa demais...

    bjs

    ResponderExcluir
  3. ai espero que tudo se resolva...não deve ser fácil tudo isso + tudo vai passar.

    A clarissa ta linda.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. e realmente dificil qualquer mudança com os pequenos pk temos dó mas infelizmente eles vao ser o que ensinarmos as eles neh entao o que vc esta fazendo nao e nenhuma tortura nao e sim vc esta ensinando a ela como sao as coisas assim como vc coloco ela para dormi no brecinho a vida dela de agora em diante vai ser a assim aprendendo a cada dia uma coisa nova e vc tah de parabens de aguentar firme pk muitas maes nao aguentaria e daria o peito novamente acho que vc esta certissima na atitude e quanto ao que vc disse no inicio do post nao e manha e sim manias que os pequeno vao pegando e vai de nos corta ja ou depois conviver com isso neah bjussssssss

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga, olha, estava pasando exatamente o mesmo q vc a um dia atras! Milagrosamente ontem Rafinha começou a pegar na chupeta, para alivio dos meus seios. vc acredita q cheguei a passar 4 horas com ela "pendurada" no meu seio, e se eu tirasse ela berrava, e se eu colocasse chupeta era pior, ela se esgoelava de tanto chorar, de gritar furiosa e ficar vermelhona quase sem ar e chorar sentido. Mas eu nao tava aguentando mais... meus seios doem... entao quando vì q ela tava começando a chupetar q pegou no sono mesmo, coloquei a chupeta, MILAGROSAMENTE ela nao cuspiu!!! Acho amiga, q Deus sabe ate onde podemos suportar, e ela pegou essa bendita chupeta, pq estava sentido dor de ter vontade de chorar, como no começo da gestaçao. Acredito sim q ela quer q eu fique perto, por isso fica chupetando, mas tudo tem limite. Elas sao amadas, e a gent ta sempre perto, entao e bom elas aprender, e as vezes aprender dòi, custa, mas e bom para todo mundo.
    beijos nesta fofa linda!!!

    Rafinha cobre meu seio do mesmo jeitooooo, kkkk.

    ResponderExcluir
  6. Eu pensa a mesma coisas que vc quando Renan nasceu daqui a uns meses vc vai está rindo e ao lembra com saudades desses momentos eu ficava desisperada com as situação naquele momento quanto a produção de leite quanto mais ela sugar mais estara estimulando a produção de leite e a chupeta eu dei para o Renan quando ele tinha um mÊs e hoje com 7 ele chupa dedo e largou a chupeta e sua florzinha é assim por que é novinha e tudo que ela pensa é que está no utero e ninguém melhor do que a mamãe para passa essa sensação...o mais importante é que vc ama e cuida muito bem de sua florzinha e logo as coisas vão se ajeita que Deus continue abençoando a sua familia
    http://anjodmv.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. nao pensa muito na volta ao trabalho nao aproveita bastante esse momento!!!
    :*

    ResponderExcluir
  8. Que consolo ler isso que voce escreveu. Aqui também estao sendo dias dificeis minha cara amiga. E entendo demaisssss o que voce escreveu. A gente ama amamentar, mas ficar com eles o dia inteiro empidurado no seio é muiiiito dificil.

    Sei que parece egoismo pra algumas pessoas que apoiam a "livre demanda", mas é que precisamos de um pouco de vida também. Sei que esse tempo passa rapido e que jaja vamos sentir saudade deles grudados no nosso seio todo esse tempo. Mas é que os nossos hormonios estao a mil justamente nesses primeiros meses de vida deles.

    Entao junto com "aprender a ser mae", "aprender a lidar com um serzinho minusculo que é totalmente dependente da gente" e conciliar isso com ser mulher, esposa e individuo é muito dificil.

    Hoje quase fiquei louca também. Luigi queria o peito o dia inteiro e eu tava desesperada.
    "Nao to produzindo muito leite", "Ele deve ta com fome ainda", "Ele ta ficando muito comigo,por isso nao quer o colo de mais niguém", "Ele deve ta chorando de colicas". "Meu Deus, o que ele tem? Deve ta doendo alguma coisa, por isso que ele quer peito toda hora, pra se acalmar e esquecer a dor. Ai, enquanto isso vem os outros pensamentos:

    "Agora ele dorme, e eu vou tomar aquele banho que estou sonhando"
    "Ui, posso até entrar na net um pouco e postar no blog, pois faz tempo que nao vou por la"
    "Ah, ta quase na hora de comer, é melhor comer logo"
    "Nossa, que cabelo é esse hein Milena?"


    Etc...

    Continua la no meu blog que vou aproveitar esse comentario pra desabafar la, ja que o Luigi parece que dormiu ferrado agora.

    Beijosss, te espero la!

    ResponderExcluir
  9. Pode parecer que vou comentar em tom de briga e talvez até seja mesmo mas interprete como uma amiga puxando a orelha: flor, pq vc está expondo tanto isso? Pra vir alguém que vive no mundo irreal da perfeição e escrever comentário desnecessário?
    É você quem deve ver o que é melhor pra vocês, você tem conhecimento, sabe dos picos, saltos e o caramba, podemos vir aqui aconselhar mas nunca, nunquinha julgar, pq quem sabe o que se passa na sua casa é você!
    Não se sinta mal, ela sente isso e chora mais, a Lari até vomita quando eu tô triste, acredita?
    Faça o que vai te deixar plena, pois não dá pra cuidar de um filho vivendo tensa, pela metade. Sabemos que você ama sua filha, zela, mima, cuida, não pense que alguém pode chegar aqui do nada e julgar você.

    Um beijo pras duas e fique bem, tá?

    ResponderExcluir
  10. Ai amiga que situação!
    Já tentou dar chupeta? Ou é contra?
    Maternidade é assim a gente também cansa, ainda somos pessoas, humanas como qualquer um...
    ...Beijoss

    ResponderExcluir
  11. Concordo com a Talita.E não pense q é só ai q acontece isso,aqui tbm.Mas sempre vai ter uma "Super Mãe" que vai vim jugar.Não liga não!
    Bjs nas duas!!!

    ResponderExcluir
  12. Amiga, ngm convive com vc pra saber oq vc tá passando e achar q tem o direito de se meter na sua vida, opinando, criticando vc...Vc pode ter se expressado errado, mas isso não dá o direito de alguém te criticar...Te acompanho até antes de saber q a Clarissa era menininha e sei do amor q vc tem por ela, incondicional e em nenhum momento faria qq coisa q não fosse pelo bem dela...então relaxa, pq aqui a maioria somos nós q gostamos mt de vcs e amamos ter notícias da princesa! E qto a esses anônimos q nem coragem de mostrar a cara tem e assumir oq falam, ignora q é melhor! ou tira a opção de postar anonimo! =]
    beeijos p vcs duas

    ResponderExcluir
  13. Eu não tive quase leite, por isso meu pequeno desde muito cedo pegou a mamadeira. Pra mim já foi difícil não tendo leite, imagina tendo e precisando dosar...ser mãe é dureza!
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Nossa, sua filha é muito fashion!!! Cada vez que venho aqui ela está mais fofa e com roupinhas lindas!!!
    Olha, a amamentação não é tão simples assim como pintam pra gente. Tem que ser forte, persistente, otimista... senão é bem fácil desistir.
    Tem dias que a Beatriz me dá uma canseira tbém: quer mamar toda hora, cada mamada 5 minutos... as vezes dá uma vontade de sumir!!!! Mas basta ela olhar pra mim, dar um sorriso e pronto, tudo passa. É incrível a capacidade que essas pessoinhas tem de nos conquistar.
    Bjos e boa sorte com a amamentação.

    ResponderExcluir
  15. Meu filho já vai completar 4 aninhos na próxima semana, e posso t dizer com toda certeza q amamentar pra mim foi exatamente como está sendo p vc, e a impressão q a gente tem eh q as pessoas estão todas contra nós, mas só quem vive esse momento sabe realmente o q senti. Não é nem de longe falta d amor ou d vontade d amamentar esse ser tão amado, mas pra poder cuidar deles temos tb q cuidar da gente.
    Consegui amamenta-lo até os 3 anos d idade (só a noite). Mas não recomendo. Fica cada vez mais dificil tirar a mania deles. Mas parabéns, principalmente pela força d vontade em amamentar e ao mesmo tempo ensinar ela q não pode ser o tempo todo.
    Ela é lindaaa!!!

    ResponderExcluir
  16. Liga para os outros não, siga seu instinto de mãe e não vai falhar! bjos

    ResponderExcluir
  17. Ai ai vida de mae eh assim mesmo!

    Se a gente amamenta pouco, acham q estamos deixando o filho passar fome, se fica muito, nao sabemos controlar, e assim vai amiga. Vc esta certa em fazer o que eh melhor para vc. Sua filha esta sendo muito bem cuidada, nao chore. Ela esta linda!!!

    um beijo

    ResponderExcluir
  18. Flor!!! Vc ta super certa!! A única coisa diferente que eu tentaria (claro que qnd a gente passa por isso muda td) é que não daria mamadeira. Como vc sabe que o choro não é de fome e sim de costume com o seio peito, logo ela aprenderia que o choro não adianta, pois vc não estaria reforçando o choro dando o peito novamente. Todo comportamento que não é reforçado, aumenta de frequencia para depois ser extinto, por isso que agora ela não chora.
    Seja forte e caso ela chorar não ceda, pois asism ela aprenderá e não voltará a chorar.
    Sobre as fotos do meu blog, eu que bati... meu marido não é bom em fotos, então quase não tem foto cmg, só com ele e do Vítor.. eu amo bater fotos! hehehe
    Sobre o comentário anônimo, ignore, é mto fácil falar da nossa vida quando não estamos passando por nada daquilo.
    Bjao
    MaH

    ResponderExcluir
  19. Chorei quando vi seu post. revivendo tudo o que passei, sentia-me exatamente assim. Somos não só mães, mas mulher que EXISTE com mulher, para nossos maridos e outras coisas. Vc ta de parabéns, dificil conseguir o que vc conseguiu com ela em tão pouco tempo. e não preocupe... rsrs , nós mães nunca vamos deixar de nos sentir culpada, sempre achamos que poderíamos dar mais. Felicidades.

    ResponderExcluir
  20. Amiga, mesmo que pediatra ou alguem de piruada, é vc que tem que fazer o que acha melhor para vc e sua filha!!
    Eu qnd notei que o Rafinha fazia meu peito de chupeta, meti a chupeta nele. Eu nao queria futuramente uma criança que para dormir precisa chupar meu peito!!! Esse vicio é horrivel!!
    Qnd achei que meu peito não saciava, eu meti aptamil nele. Não queria meu principe passando fome e nao engordando!!
    Muitas vezes vamos fazer coisas contrariando nossos babys, e nem por isso seremos ruins. As vezes é necessario!!!
    Fique tranquila!!! essas fases sao ruins mesmo!!
    Bjinhsss....

    ResponderExcluir
  21. ola querida infelizmente nem tudo são flores...olha no inicio o meu pequeno também fazia o peito de bico,era 24 hr com ele pendurado,ai fui no banco de leite me ensinaram a amamentar...depois ele teve os problemas de refluxo e passamos a dar o nan,o pediatra sempre me perguntou se eu conseguia amamentar so no peito e eu dizia que não,ele falava que pra ser mãe não é necessario apenas ter um par de peitos e nem é esse o sucesso da amamentação,medicos precisam ver os dois lados mãe e bebe,afinal para o bebe estar bem a mãe também tem que estar e não é horrivel dar um complemento se sentir necessidade,afinal temos vida,marido,casa,amigos e nos mesmas para cuidar,infelizmente ou felizmente com tantos problemas foi preciso o Cauan ficar só no peito,mas o medico me dar forças pois sabe o quanto é dificil ter um bebe o tempo inteiro te sugando.
    então querida não precisa desmamar,mas também não tem que ser assim tão dificil,converse abertamente com a pediatra,ou vá a um banco de leite,la vão te orientar ver se realmente ela esta fazendo de chupeta...quando descobri não pensei duas vezes cheguei em casa e deu logo uma chupeta e pra minha surpresa ele aceitou e ficou mais calmo.
    boa sorte ai.
    ela esta linda demais...

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita... Diz o que você achou sobre o post. Amamos saber sua opinião!